•  
  •  
Imprimir

Breves comentários sobre alguns aspectos críticos da Guarda Compartilhada

Escrito por CLARA. Posted in Blog

 

 Autoria: Clara Angélica Gonçalves Dias

 Resumo: Os filhos do divórcio, com mais freqüência do que se imagina, não são apenas atingidos pela dolorosa modificação da estrutura familiar, com todas as perdas delas advindas, como também são incluídos como partícipes de uma luta na qual são oponentes as pessoas com quem elas possuem o maior e o mais importante vínculo afetivo e das quais elas mais necessitam e dependem: seus pais.

Em tais circunstâncias, as crianças ou adolescentes são submetidos a conflitos e sofrimentos com consequências dramáticas ao seu desenvolvimento fisiopsíquico. A convivência com ambos os pais é de fundamental importância para o pleno desenvolvimento destes.

A tarefa de assegurar aos filhos a oportunidade de se desenvolver como membro de uma família, que embora modificada continue sendo um lugar de acolhimento e proteção, torna-se de complicada execução se a guarda é o objeto de disputa entre os pais e sujeita a interesses conflitantes e competitivos desses adultos.